O primeiro trimestre de 2020 rendeu aos ISPs regionais um aumento de aproximadamente 5%, cerca de 600 mil novos clientes e 1,4% de crescimento no market share brasileiro. Os ISPs possuem agora 30,9% do mercado, mais de 10,2 milhões de contratos assinados. Atualmente o mercado de internet fixa no país possui 32.998.856 milhões de assinantes, tendo crescido 530.384 mil contratos no primeiro trimestre, 1.6%. Ou seja, os provedores regionais não só estão ativando mais clientes, como estão retirando clientes das operadoras de grande porte.

Um fato sobre o encerramento do primeiro trimestre, foi somente o Grupo dos Provedores Regionais que apresentou aumento considerável na participação de mercado. A Claro apresentou perda de 0,3% do Market Share do serviço no primeiro semestre, mas teve aumento de 78.502 mil assinantes. Já a Vivo teve perda de 0,6% de participação do mercado e perda de 86.202 mil assinantes. Enquanto a Oi teve redução de 0,5% e perda de 87,540 mil contratos. E as empresas de “Médio Porte” tiveram aumento de assinantes, porém não apresentaram mudança expressiva na participação do mercado.

Embora a Anatel disponibilize estes dados de forma ainda tardia para podermos analizar o mercado, a partir da próxima publicação teremos uma visão ainda melhor do efeito do Coronavírus no mercado de internet fixa brasileiro e falaremos mais a respeito do assunto. No próximo lançamento de informações da Agência, veremos as informações do fechamento do mês de ABRIL de 2020.

Recentemente o Grupo formado pelas PPPs – Prestadores de Pequeno Porte haviam assumido a liderança do mercado, passando as grandes operadoras como Claro, Vivo e Oi. Contudo, as PPPs somam todas as empresas que tenham individualmente até 5% de participação do mercado em que atuam, e isso levava em conta os Provedores Regionais e empresas que o mercado ainda considera de “médio porte”. Mas a surpresa para estes últimos relatórios foi que apenas o grupo dos Provedores Regionais (sem a adição das demais empresas do grupo das PPPs) assumiram a liderança do mercado de internet fixa.

 

Então vamos lá, abaixo, vamos apresentar os últimos dados atualizados pela Anatel, referentes ao fechamento do mês de MARÇO de 2020.

 

RANKING DE GRUPOS DE PRESTADORAS

  • 1º) Provedores: 10.2 milhões de Acessos (30,9%) 
  • 2º) Claro S.A.: 9.680.615 (29,3% de média de participação do mercado)
  • 3º) Telefônica Brasil (Vivo): 6.857.135 Acessos (20,8%)
  • 4º) Oi: 5.048.377 Acessos (15,3%)
  • 5º) Algar: 622.755 Acessos (1,9%)
  • 6º) Tim S.A.: 601.938 Acessos (1,8%)
  • 7º) Brisanet: 403.852 Acessos (1%)
  • 8º) COPEL: 264.629 Acessos (abaixo de 1%)

 

 

Os dados e gráficos que estamos apresentando são retirados da Plataforma de Big Data de Telecom, TUIDARA Data Science. Uma ferramenta voltada para analise de dados do mercado de internet no Brasil.

 

RANKING DE TECNOLOGIAS UTILIZADAS NO BRASIL

  • Fibra Óptica:  11.2 milhões de contratos (34 % das assinaturas)
  • HFC – Redes com cabos coaxiais: 9,3 milhões (28,6%)
  • xDSL – Estrutura que utiliza redes de telefonia: 8,6 milhões de contratos (26 %)
  • WiFi:  1,9 milhões de contratos (5,8%)

 

 

Se os números de novos contratos surpreendem a todos, os números da Fibra Óptica confirmam o foco dos ISPs em melhorar o serviço no país. Em janeiro de 2020 a Fibra tinha 31,5% dos acessos contratados, Já no final do primeiro trimestre passou para 34% dos planos contratados. Upgrades de planos e investimentos para melhorias de rede são alguns dos motivos do exponencial aumento da tecnologia. Muitos provedores regionais aprenderam a trabalhar as suas carteiras de clientes nos últimos tempos, renovando seus contratos com os clientes, ocupando sua infraestrutura e melhorando o valor do seu Ticket médio. O que tem lhes tornados mais competitivos e ainda justifica sua excelente participação no mercado.

 

RANKING DE VELOCIDADES CONTRATADAS

  • Acima de 34 Mbps: 15,1 milhões de contratos (45,8%)
  • 12 Mbps a 34 Mbps: 7 milhões de contratos (21,2%)
  •  2 Mbps a 12 Mbps: 7,3 milhões de contratos (22,2%)
  • 512 Kbps a 2 Mbps: 3,2 milhões de contratos (9,7%)
  • 0 Kbps a 512 Kbps: 374,7 mil contratos (1,1%)

 

 

TUIDARA – Conheça a Plataforma de Big Data

Você pode acompanhar maiores informações sobre o projeto diretamente na página da Tuidara.

 

Com a plataforma tivemos acesso à dashboards de análises como:

 – Número de acessos instalados no Brasil;
 – Número de acessos instalados por região;
 – Número de acessos instalados por estado;
– Número de acessos instalados por município;
 – Tecnologias utilizadas nesses acessos (Fibra, rádio, ADSL, etc.);
 – Faixas de velocidade dos acessos instalados;
 – Quantidade de domicílios por município, estado ou região;
 – Porcentagem de penetração do serviço por município;
 – Ranking das maiores prestadoras do Brasil;
 – Ranking das maiores prestadoras em determinada região ou estado;
 – Ranking das maiores prestadoras do seu município;
 – Quais os concorrentes já estão presentes na cidade aonde você pretende expandir;
 – Entre outros…

 

 

FONTE: TUIDARA | MHemann Assessoria Tecnologia

 


ACOMPANHE NOTÍCIAS RELACIONADAS EM NOSSO BLOG:

 

Provedores Regionais são o maior grupo do mercado de internet do Brasil. Acompanhe os dados divulgados pela Anatel

Fibra óptica alcança o topo das tecnologias mais utilizadas para o serviço de internet fixa no Brasil. Saiba mais…

 

 

onclick="ga('send', 'event', 'botao', 'clique', 'whatsapp'); onclick="ga('send', 'event', 'botao', 'clique', 'formulario');